28/02/13

Creme de couve-flor com coentros e especiarias

A couve-flor é muito usada em sopas, pois é um dos poucos ingredientes que pode substituir a batata. Talvez por isso, o creme de couve-flor é uma sopa muito confeccionada na nossa cozinha. Na sugestão que aqui proponho optei por dar um cheirinho asiático ao tradicional creme.



Ingredientes para 6 pessoas (tempo total da receita: 1 hora):

750g de couve-flor;
70g de aipo;
100g de alho francês (parte branca);
1 cebola;
2 batatas;
1/2 cubo de caldo de galinha;
1,7l de água;
1 iogurte natural;
1 raminho de coentros;
Sal, azeite, mistura de pimentas moída, noz-moscada e caril q.b.

Corta-se a cebola, o alho francês e o aipo em tiras e, com um pouco de azeite, leva-se ao lume durante cerca de 5 minutos. De seguida, adicionam-se as batatas e a couve-flor partida em pedaços, tempera-se tudo com sal e especiarias e vai-se mexendo muito bem durante cerca de 10 minutos. Depois, junta-se o cubo de caldo de galinha e a água e tapa-se o tacho. Deixa-se ao lume durante cerca de 30 minutos, até que os legumes fiquem cozidos. Seguidamente, tritura-se tudo, rectifica-se o sal e a quantidade de água e adiciona-se o iogurte natural. Envolve-se bem e o iogurte e deixa-se cozinhar em lume brando durante cerca de 5 minutos. Já no prato, polvilha-se a sopa com os coentros picados e com as especiarias a gosto.

27/02/13

Arroz de tamboril

O tamboril é, possivelmente, o peixe mais feio que existe. Felizmente, o gosto não se mede pelo quociente de beleza e o tamboril é o rei dos exemplos. Por isso, ao passar pela praça vi um tamboril e não resisti. Trouxe-o para fazer um arroz muito saboroso e utilizado na nossa gastronomia. Existem infinitas formas de o fazer, mas fica aqui a minha sugestão.


Ingredientes para 6 pessoas (tempo total da receita – 1 hora):

1 tamboril pequeno (aproximadamente 1,5kg);
600g de camarões (utilizaram-se 20/30);
8 dentes de alho;
3 cebola;
2 cenouras pequenas;
50g de aipo;
150g de alho francês;
7 tomates maduros;
1 pimento verde;
2 folhas de louro;
400g de arroz agulha;
200ml de vinho branco;
2l de água;
Piripiri em pó, sal e azeite q.b.

            Caldo:
Num tacho, coloca-se 1 cebola às tiras, 3 dentes de alho fatiados, as cenouras em pedaços, o aipo e o alho francês às tiras, tempera-se com sal e refoga-se um pouco em azeite. Depois, juntam-se as cabeças dos camarões e a água, tapa-se o tacho e deixa-se ao lume durante cerca de 15, 20 minutos.

            Arroz:

Num tacho, coloca-se a restante cebola e dentes de alho bem picados, juntamente com as folhas de louro um pouco de azeite e deixa-se ao lume para amolecer a cebola. Depois, junta-se o pimento em tiras e os tomates pelados e partidos em pedaços pequenos, tempera-se com sal e piripiri e cozinha-se durante cerca de 10 minutos. Adiciona-se o vinho e reduz-se. De seguida, acrescenta-se o arroz e vai-se mexendo muito bem durante cerca de 5 minutos. Junta-se o tamboril e o caldo, tapa-se o tacho e deixa-se ao lume mais 5 minutos. Seguidamente, acrescentam-se os camarões descascados (podem ser colocados alguns com casca e cabeça, para decorar o prato) e deixa-se ao lume até que o arroz fique praticamente cozido. Quando o arroz estiver quase cozido, desliga-se o lume, rectificam-se os temperos, tapa-se o tacho e deixa-se cozer o restante já na mesa durante cerca de 5 minutos.

26/02/13

Hambúrgueres de alheira e salsa com abacaxi grelhado e risoto de grelos e cogumelos e um passatempo

Estava a dar uma volta por uns blogs, encontrei um passatempo e decidi participar. Pediam que fosse feito um prato com alheira. Depois de pensar em algumas hipóteses decidi fazer algo um pouco diferente do habitual. Optei, então, por juntar o sabor forte da alheira ao ananás e a um risoto de cogumelos e grelos, que combinam sempre bem com um qualquer enchido. Participem também vocês no passatempo que estará a decorrer até ao fim do mês no blog Cinco Quartos de Laranja.


Ingredientes para 6 pessoas (tempo total da receita – 1 hora):

4 alheiras (aproximadamente 800g);
1 molho de salsa;
2 colheres de sopa de broa de milho ralada;
1 limão;
1 molho pequeno de grelos;
250g de cogumelos frescos;
1 cebola;
250g de arroz para risoto;
150ml de Lambrusco rosé (ou, em alternativa, outro vinho rosé);
12 fatias fininhas de abacaxi;
20g de queijo grana padano;
Azeite, sal, canela e pimenta preta moída q.b.

            Risoto de grelos e cogumelos:
Começa-se por colocar os grelos a cozer. Entretanto, arranjam-se os cogumelos e cortam-se em 4. Depois, pica-se a cebola para dentro de um tacho, tempera-se com sal e refoga-se com um pouco de azeite. Enquanto isso, numa frigideira, colocam-se os cogumelos com um pouco de sal e azeite para libertarem a água que têm. Após cerca de 7, 8 minutos, retiram-se os cogumelos e reservam-se. Deita-se o arroz no tacho para fritar e vai-se mexendo sempre muito bem para evitar que o arroz agarre. Acrescenta-se o vinho e reduz-se. Seguidamente, vai-se adicionando, pouco a pouco, a água de cozer os grelos até que o arroz fique cozido. Já no final, rectificam-se os temperos e junta-se o queijo ralado e um pouco de salsa picada.

            Hambúrgueres de alheira e salsa:
Abrem-se as alheiras e retira-se a pele. Junta-se a restante salsa picada ao interior das alheiras, bem como o sumo de limão, a broa ralada e um pouco de pimenta preta moída. Com a ajuda de uma forma redonda, fazem-se hambúrgueres e, num grelhador bem quente, grelham-se até ficarem com um tom dourado.

            Abacaxi grelhado com canela:

Cortam-se rodelas muito fininhas de abacaxi (tipo carpaccio) e polvilham-se com canela. Levam-se ao grelhador durante 1, 2 minutos e viram-se. Deixa-se mais um minuto e o abacaxi fica pronto.

25/02/13

Brownie de chocolate com gelado de morango

Pelas minhas receitas, acho que já deu para perceber que sou um doente por chocolate. Como bom aficionado, gosto de tudo que seja feito com esta iguaria e, obviamente, os bolos não são excepção. O brownie era algo que já tinha pensado fazer há algum tempo e, quando vi o aspecto dos morangos na banca da praça, decidi que tinha de juntar estas duas maravilhas. De referir ainda que a receita do bolo foi adaptada de uma sugestão feita pela Leonor de Sousa Bastos, gestora da página FlagranteDelícia.



Ingredientes para 12 pessoas (tempo total da receita – 15 minutos mais o tempo de forno):

Metade da receita de gelado de morango (colocar link);
400g de chocolate negro;
260g de manteiga;
4 ovos;
270g de açúcar;
140g de farinha com fermento;
200g de morangos;
Manteiga para untar.

Começa-se por colocar 250g de chocolate e a manteiga a derreterem em banho-maria. Entretanto, forra-se uma forma quadrangular (ou rectangular) com manteiga e depois com papel vegetal. Seguidamente, batem-se os ovos com o açúcar e junta-se o preparado de chocolate e margarina. De seguida, peneira-se a farinha e envolve-se ao preparado. Deita-se tudo dentro da forma e leva-se ao forno, previamente aquecido a 180ºC, durante cerca de 15, 20 minutos. Após o bolo arrefecer um pouco, retira-se da forma e corta-se em quadrados. Deita-se um pouco de gelado por cima e rega-se tudo com o restante chocolate derretido. Polvilham-se os quadrados com os morangos cortados em pedaços e serve-se de imediato.

24/02/13

Tosta de frango com queijo da ilha

Para terminar o fim-de-semana nada melhor do que comer uma tosta ao calor da lareira. Tinha uns pedaços de frango grelhado, que sobraram do jantar de ontem, e aproveitei para os reutilizar. Fica aqui uma sugestão leve e muito boa para aproveitar os restos que estão no frigorífico.


Ingredientes para 3 tostas (tempo total da receita – 5 minutos mais o tempo para tostar):

Aproximadamente 300g de frango grelhado ou cozido;
1 iogurte natural;
1 raminho de cheiros (utilizei salsa e coentros);
1 dente de alho pequeno;
6 fatias de pão alentejano;
Queijo da ilha, sal e caril q.b.

Desfia-se o frango e parte-se em pedaços pequenos. Junta-se o iogurte, o queijo, os cheiros e o dente de alho bem picados e tempera-se com um pouco de caril e sal. Por fim, barra-se uma fatia com a mistura, fecha-se, coloca-se o pão na tostadeira e deixa-se tostar um pouco.

23/02/13

Mais dois espaços cheios de coisas deliciosas e um doce de chocolate com banana crocante, cereais e mel, por Susy

No fim-de-semana da partilha, venho-vos mostrar mais dois blogs de outros cozinheiros que gostam de partilhar as suas ideias. O Entre Tachos e Sabores e A Tertúlia da Susy apresentam receitas muito apetecíveis, onde poderão tirar boas ideias para preparar aqueles pitéus que ficam na memória. Visitem-nos e vejam o que de bom têm para mostrar. Aproveito também para deixar uma sugestão feita pela Susy, que gere o blog A Tertúlia da Susy.


Ingredientes para 4 pessoas (tempo total da receita – 5 minutos):


2 iogurtes de chocolate Nestlé;
1 banana;
Cereais Kellog's;
Mel;
Canela em pó.

Verte-se para um copo ou tacinha, um iogurte e adiciona-se 1/2 banana cortada às rodelas e um pouco de cereais. Por cima deste preparado, junta-se outro iogurte e a restante banana cortada às rodelas. Polvilha-se com canela em pó e, por fim, adiciona-se mel.

22/02/13

Salada quente improvisada, por Piteca (do blog Receitas da Piteca)

Como tem dado para ver, tenho andado na onda de ver outros blogs e de partilhar o que de bom se faz por essas cozinhas. Talvez por isso, decidi que este fim-de-semana vai ser dedicado a partilhar as sugestões que me têm sido dadas a conhecer. Fica aqui a primeira, dada pela Piteca, que gere o blog Receitas da Piteca. Aproveitem para dar um salto a este espaço que tem muita coisa deliciosa.


Ingredientes para 4 pessoas (tempo total da receita – 30 minutos):

4 febras em tiras;
4 bifes de peru em tiras;
Batatas cozidas em meias luas;
4 ovos cozidos;
1 Cebola;
2 dentes de alho;
100 ml de azeite;
Molho inglês, salsa picada, sal, mistura de 5 pimentas, gengibre em pó, piri-piri em pó q.b.

Numa frigideira, faz-se um refogado com a cebola (picada ou em rodelas), o alho e o azeite. Junta-se a carne, tempera-se com sal, pimenta, piri-piri e gengibre a gosto e deixa-se cozinhar. Escorre-se o molho em excesso que se formou e acrescentam-se as batatas cozidas e os ovos em pedaços grandes. Salpica-se com molho inglês e envolve-se tudo. Serve-se polvilhado com salsa picada.

Sugestão:
Se quiser pode colocar maionese ou outro molho a gosto.
O Caderno dos 100 Primeiros Sabores – 2ª Edição já disponível

O Caderno dos 100 Primeiros Sabores já vai na 2ª Edição. Como publicitei na altura do lançamento dos primeiros exemplares, em Dezembro passado, este livro é uma complicação das 100 primeiras sugestões feitas no blog. Foi com o intuito de celebrar essa marca que decidi publicar este meu caderno. Inicialmente era para ser apenas uma oferta de Natal, mas, felizmente, tive alguns pedidos e decidi avançar com a publicação de mais exemplares. Surge agora a 2ª Edição, onde dei alguns ajustes, nomeadamente ao nível da formatação de texto.
O livro, de 170 páginas, conta ainda com um espaço reservado para que possam colocar as vossas ideias, enriquecendo assim o lote de receitas sugeridas no blog. É um livro simples, onde se pode facilmente consultar as sugestões que fui apresentando ao longo do último ano. Para além disso, tem esta linda capa, feita pela minha amiga Mariana Santos, que faz pandan com qualquer cozinha.




Quem estiver interessado pode contactar-me (através do blog, Facebook, ou dos e-mails presentes no final do post) para que combinemos a forma de comprar o livro. De referir ainda que os portes de envio para Portugal Continental, têm um custo de 1€ em correio normal e de 2€ se a carta for registada.

21/02/13

Queques de laranja com recheio de chocolate

Na verdade, esta receita começou por ser uma experiência para ver se conseguia fazer um fondant de laranja com recheio de chocolate. No entanto, a massa não saiu como pretendia e, assim, nasceram estes queques. São um acompanhamento ideal para um copo de leite bem gelado e uma tarde primaveril como a de hoje.



Ingredientes para 8 queques (tempo total da receita – 5 minutos mais o tempo de solidificação da ganache e o tempo de forno):

150g de chocolate negro;
200ml de natas;
75g de manteiga;
100g de açúcar;
3 ovos;
30g de Maizena;
100g de farinha de trigo com fermento;
Sumo e raspa de 1 laranja;
Manteiga e farinha para untar.

Começa-se por fazer a ganache, já que tem de ir ao congelador durante cerca de duas horas para solidificar um pouco. Para tal, colocam-se as natas ao lume, enquanto se parte a tablete de chocolate em pedaços pequenos e iguais. Quando as natas estiverem a ferver, desliga-se o lume e junta-se o chocolate até derreter. Depois do tempo de solidificação da ganache, pode preparar-se o bolo: começa-se por pré-aquecer o forno a 200ºC. Entretanto, num recipiente, junta-se a manteiga derretida, o açúcar, os ovos e o sumo e raspa de laranja. Bate-se tudo muito bem, até se obter um líquido cremoso. Depois, envolvem-se muito bem as farinhas peneiradas. Seguidamente, untam-se as forminhas com manteiga e farinha e verte-se a mistura até cerca de 1/3 da capacidade da forma. Por cima, adiciona-se uma colher de sobremesa de ganache e, depois, verte-se mais um pouco da mistura até perfazer quase na totalidade a capacidade da forma. Para finalizar, levam-se os queques ao forno durante cerca de 15 minutos.

19/02/13

Gomas

Ao fim do nonagésimo pedido não aguentei e lá fui experimentar fazer gomas. Andei a pesquisar algumas receitas, mas escolhi basear-me na sugestão apresentada pela Joana Roque. Assim, peguei na receita, adaptei-a um pouco e pus-me a fazer as tão apreciadas (nem tanto por mim) guloseimas. É uma receita muito simples que pode ser feita até por uma criança.


Ingredientes para cerca de 500g de gomas (tempo total da receita – 10 minutos mais o tempo de solidificação):

35g de gelatina neutra;
1 saqueta de gelatina com sabor (85g) – utilizou-se morango;
200ml de água;
180g de açúcar;
Sumo de 2 limões;
Óleo vegetal para untar.


Colocam-se todos os ingredientes num tacho e levam-se ao lume, envolvendo tudo muito bem. Entretanto, untam-se formas (utilizei cuvetes de gelo) com óleo vegetal (muito pouco!) e reservam-se. Quando a mistura levantar fervura, desliga-se o lume, volta-se a envolver tudo e deixa-se repousar até que o líquido volte a ficar translúcido. Para finalizar, enchem-se as formas e levam-se ao frigorífico a solidificar durante, pelo menos, 2 horas. 

18/02/13

Bacalhau no forno com xerém de arroz com lima e frutos do mar

Combinei um jantar cá em casa e queria fazer um prato novo, fora do usualmente cozinhado. Andei a pesquisar algumas ementas de restaurantes e sugestões de chefs, até que cheguei ao 100 Maneiras do chef Ljubor Stanisic. Lá encontrei um xerém de arroz e bivalves que me ficou na cabeça. Decidi, então alterar um pouco a receita e fazer o meu próprio xerém.



Ingredientes para 6 pessoas (tempo total da receita – 1 hora e 15 minutos):

4 postas grandes de bacalhau;
1kg de mexilhão;
500g de camarões;
200g de arroz carolino;
5 cebolas;
1 cabeça de alho (cerca de 14 dentes);
1 cenoura;
4 folhas de alho francês;
Raspa de 1 lima;
300ml de vinho branco;
2 colheres de sopa de manteiga;
30g de queijo grana padano;
1 colher de sopa de gengibre ralado;
1 raminho de coentros;
1 raminho de salsa;
12 folhas de manjericão;
Sal, pimenta e azeite q.b.

            Xerém de arroz com lima e frutos do mar:
Começa-se por cozer os camarões de acordo com os tempos e quantidade de sal dados na publicação feita neste blog. Entretanto, coloca-se num tacho, com um pouco de azeite, 1 cebola cortada em tiras, 3 dentes de alho fatiados, a cenoura cortada em pedaços pequenos, os coentros e o alho francês (também em tiras). Deixa-se refogar um pouco e adicionam-se 100ml de vinho. Seguidamente, juntam-se os mexilhões, tapa-se o tacho e deixa-se ao lume até que os bivalves fiquem abertos. Quando os mexilhões abrirem, retiram-se do tacho, tiram-se as cascas e reservam-se. Tanto o caldo dos mexilhões, como a água de cozer os camarões, devem ser coados e reservados. Depois de preparados os caldos, pode ser feito o xerém: pica-se o arroz na trituradora até que este fique com grãos com um tamanho aproximado aos grãos de sal grosso. Seguidamente, faz-se um refogado com 2 cebolas picadas, 4 dentes de alho também picados, 1 colher de sopa de manteiga, um pouco de azeite e um pouco de sal e pimenta. De seguida, envolve-se o arroz, mexendo sempre muito bem. Acrescenta-se o restante vinho e reduz-se. Após a redução do vinho, vai-se adicionando aos poucos o caldo dos mexilhões para cozer o arroz – se este caldo se esgotar, utiliza-se a água de cozer os camarões. Quando o arroz estiver quase cozido, rectificam-se os temperos e juntam-se os frutos do mar, a raspa de lima, o gengibre ralado, o manjericão, a salsa, o queijo e a restante manteiga.

            Bacalhau:
Num tabuleiro de forno colocam-se 2 cebolas em tiras, 6 dentes de alho e rega-se com azeite. Espalham-se as postas de bacalhau, temperam-se com pimenta e regam-se com mais azeite. Leva-se tudo ao forno, previamente aquecido a 220ºC, durante cerca de 30, 40 minutos – até o bacalhau estar assado. 
Salpicos Doces e Sonhos de Canela

As parcerias e as contribuições de outros blogers continuam, o que me tem deixado muito contente, já que é essencial partilhar as nossas ideias. Com o contacto com os outros “chefs”, têm surgido novas ideias, não só para a elaboração de pratos novos, mas também para melhorar a forma de dar a conhecer o nosso trabalho. É com enorme satisfação que vejo a adesão da grande maioria e o reconhecimento que têm feito relativamente àquilo que faço.
Dois exemplos dessa partilha são os blogs Salpicos Doces e Sonhos de Canela, que mostraram vontade de partilhar comigo as ideias que vão tendo. Aproveito esta mensagem para vos mostrar estes dois espaços, sugerindo que os visitem para que fiquem a par das maravilhas que lá são feitas. Vão ver que vale a pena!!
A todos, bons pitéus e boas partilhas!

17/02/13

Mais uma parceria

Como já disse várias vezes, gosto muito de partilhar o que faço e de ver e experimentar as sugestões de outros. Por essa razão, tenho tentado algumas parcerias com blogs que usualmente consulto. Um desses blogs é O Meu Tempero, que fiz referência num post anterior.
Serve esta publicação para vos dar a conhecer mais um espaço onde são feitas receitas muito saborosas e de onde podem tirar novas ideias para os vossos cozinhados. O Bimbexpress é um blog onde, para além de outras sugestões, encontrarão muitas receitas para fazerem utilizando uma Bimby, o que vem sendo cada vez mais usual nos dias que correm.
Espero que façam uma visita e que gostem das receitas apresentadas.
A todos, bons pitéus.

16/02/13

Salsichas frescas à Brás

Existem muitos ingredientes que ficam bem à Brás e as salsichas frescas são um deles. Talvez seja essa a razão de eu as ter escolhido para fazer a minha primeira experiência com as batatas palha. Fica aqui a minha sugestão muito simples de fazer e um pouco diferente do habitual.


Ingredientes para 6 pessoas (tempo total da receita - 45 minutos):

600g de salsichas frescas;
300g de batata palha;
1 cenoura;
2 cebolas;
4 dentes de alho;
4 ovos;
2 folhas de louro;
150ml de leite;
Azeitonas pretas, azeite, salsa, pimenta e sal q.b.

Começa-se por grelhar as salsichas. Quando estiverem prontas, cortam-se em rodelas e reservam-se. Entretanto, faz-se um refogado com as cebolas, os dentes de alho, o louro e a cenoura cortada em pequenos pedaços. Depois, juntam-se as salsichas e cozinha-se mais um pouco. Adicionam-se as batatas, envolve-se tudo muito bem, e deixa-se em lume brando por mais 5 minutos. Para finalizar, batem-se os ovos, junta-se o leite, tempera-se com sal e pimenta e deita-se no preparado, envolvendo tudo muito bem. Cozinha-se por mais 2, 3 minutos, acrescenta-se a salsa picada e as azeitonas e o prato fica pronto a servir.

15/02/13

Bolo de crepes de chocolate com chantilly, morangos e chocolate negro

Bem, os crepes são uma tentação para muitas pessoas, mas há umas que gostam mais do que outras. A menina Filipa, que adora cravar-me comidas, é doente por crepes. Decidi fazer-lhe a vontade e construir um bolo com estas delícias bem francesas. E para o acompanhar nada melhor do que o chocolate e o chantilly com morangos. Devo referir que a receita dos crepes de chocolate foi adaptada do site Tudo Gostoso.


Ingredientes para um bolo para 8 pessoas (tempo total da receita – 45 minutos mais o tempo de solidificação da placa de chocolate):

250ml de leite;
120g de farinha;
30g de chocolate em pó;
30g de margarina;
1 ovo;
Óleo para untar;
200g de chocolate negro em tablete;
2 pacotes de natas;
80g de açúcar;
500g de morangos.

            Placas de chocolate:
Parte-se a tablete em duas metades e derrete-se (no microondas) cada uma delas em separado. Enquanto o chocolate está ao lume, forra-se a frigideira onde serão feitos os crepes com papel vegetal, para que as placas de chocolate fiquem com a mesma forma e dimensão dos crepes. Depois, verte-se a primeira metade para dentro da frigideira, tira-se o papel vegetal e reserva-se para solidificar. Faz-se o mesmo com o outro chocolate derretido.

            Crepes de chocolate:
Num recipiente, coloca-se o leite, a farinha, o chocolate em pó, a margarina derretida e o ovo. Mexe-se tudo muito bem até ficar um creme homogéneo. Entretanto, unta-se a frigideira com um pouco de óleo (muito pouco – a frigideira deve apenas ficar gordurosa, sem excessos de óleo) e coloca-se ao lume. Quando esta estiver quente, deita-se um pouco da massa (cerca de duas colheres de sopa – depende do tamanho da frigideira) e espalha-se rapidamente pelo fundo da frigideira. Deixa-se ao lume cerca de 30, 45 segundos (até a massa despegar facilmente) e vira-se. Cozinha-se mais 20 segundos, retira-se o crepe e reserva-se. Faz-se continuamente este processo até esgotar toda a massa. A minha deu para 9 crepes, mas quantidade dependerá também da dimensão da frigideira. Se for necessário faz-se um pouco mais de massa.

            Chantilly com morangos:
Batem-se as natas durante 30 segundos e acrescenta-se o açúcar. Volta-se a bater tudo muito bem até que fiquem firmes e reserva-se. Entretanto, arranjam-se 400g de morangos e picam-se grosseiramente. Envolve-se a fruta no chantilly e o creme fica pronto.

            Montagem:

Deve intercalar-se o chantilly entre cada crepe, não esquecendo as duas placas de chocolate - eu coloquei 3 crepes, a placa de chocolate, mais 3 crepes, placa de chocolate e, por fim, mais 3 crepes. Depois de todos os crepes estarem utilizados, coloca-se uma última camada de chantilly e por cima dispõem-se os restantes morangos para decorar. Pode também optar-se por utilizar as aparas de chocolate para decorar o bolo, como é sugerido na imagem.
Cozinhar, provar e partilhar

Como refiro várias vezes, penso que a partilha é o segredo para desenvolvermos as nossas ideias e criarmos pratos especiais e saborosos. Foi embalado por esta crença que fiz nascer este blog. Felizmente, tem crescido e isso deve-se também ao facto de todos me ajudarem a partilhar o que faço na minha cozinha.
Sei também que dos tachos podem ser criadas infinitas sugestões, o que faz com que seja totalmente impossível chegarmos a todo o lado e cozinharmos todo o tipo de comida. Neste sentido, decidi partilhar aqui no meu espaço os blogs que diariamente me servem de inspiração, para que também vocês possam ver o que de bom se faz por aí e tirar outras ideias.
Aproveito esta mensagem para deixar um especial agradecimento à Carla, gestora do blog O Meu Tempero, que teve a amabilidade de fazer publicidade no seu blog do Um Gosto Polvilhado com Sabor. Aproveitem para dar uma olhadela ao que ela faz, pois, como poderão ver, existem sugestões muito interessantes e com um aspecto daqueles que nos faz abrir o apetite.

14/02/13

Carapauzinhos de escabeche

Sobraram de ontem à noite uns quantos carapauzinhos fritos que decidi “recozinhar”. Lembrei-me das vezes em que entrei em algumas tasquinhas, que tinham sempre disponíveis uns carapauzinhos de escabeche, e experimentei fazê-los. Fica assim uma sugestão bem portuguesa e ideal para aproveitar as sobras de uma refeição de, por exemplo, peixe frito.


Ingredientes para 4 pessoas (tempo total da receita – 25 minutos):

20 carapauzinhos já fritos;
4 tomates maduros;
1 cebola grande;
3 dentes de alho;
2 folhas de louro;
150ml de vinho branco;
100ml de vinagre;
Pimentão e sal q.b.

Coloca-se a cebola cortada em tiras pequenas, as folhas de louro, o alho fatiado e um pouco de azeite numa frigideira e deixa-se refogar. Depois, adiciona-se o pimentão, tempera-se com sal e acrescentam-se os tomates pelados e cortados em pedaços. Deixa-se cozinhar durante cerca de 10 minutos e junta-se o vinagre e o vinho. Reduz-se tudo e, para finalizar adicionam-se os carapaus. Cozinha-se mais 5 minutos e o prato fica pronto a servir.

13/02/13

Quiche de cenoura, alho-francês e carne picada

Apesar do frio, acho que sabe sempre bem comer uma quiche. Foi essa vontade que apareceu e que me fez cozinhar a sugestão que aqui vos proponho. É sempre uma refeição leve e rápida de fazer.


Ingredientes para 1 quiche (tempo total da receita – 5 minutos mais o tempo do forno):
1 placa redonda de massa quebrada;
1 cenoura;
1/2 alho francês (só a parte branca);
100g de carne picada;
4 ovos;
300ml de leite;
Queijo mozzarella ralado, pimenta, sal e orégãos q.b.

Inicialmente, estende-se a massa numa tarteira e espalha-se o alho francês (cortado em tiras), bem como a carne picada. Depois, adiciona-se a cenoura cortada em pedaços. Seguidamente batem-se os ovos, juntamente com o leite, a pimenta e o sal, e deita-se o creme por cima da tarde. Adiciona-se o queijo ralado e, por fim, polvilha-se com os orégãos. Leva-se ao forno, previamente aquecido a 200ºC, durante aproximadamente 15 minutos, até a quiche estar pronta.