11/03/13

Açorda alentejana de bacalhau

Açorda e migas – dois nomes para três ou quatro pratos diferentes. É isto que eu digo sempre que me vêm com a conversa de que a açorda verdadeira é esta ou aquela – muito típico nos alentejanos. Prefiro arranjar mais um nome e chamar a este género de sopa, uma açorda alentejana. Desta vez, levou bacalhau e ficou muito saborosa. Bom apetite!



Ingredientes para 4 pessoas (tempo total da receita – 30 minutos):

2 postas de bacalhau;
1 dente de alho;
1 ramo de coentros;
4 fatias grandes de pão alentejano;
5 ovos;
Sal, azeite e pimenta moída q.b.


Coloca-se o bacalhau a cozer. Entretanto, picam-se os coentros e o alho para dentro de uma terrina, esmaga-se tudo com o pilão e reserva-se. Depois do bacalhau estar cozido, retira-se do tacho e deixa-se arrefecer. Quando a água do tacho voltar a ferver, juntam-se 4 ovos (devem ser colocados em locais distintos do tacho para não pegarem) e deixa-se ao lume até ficarem escalfados (o tempo depende do gosto de cada um – eu prefiro que a gema não fique totalmente cozida). Seguidamente, retiram-se os ovos da água e reservam-se. Por fim, bate-se o outro ovo, deita-se na água e mexe-se muito bem. Rectifica-se o sal, verte-se o caldo para dentro da terrina e adiciona-se o bacalhau desfiado e sem espinhas. Para servir, coloca-se uma fatia de pão dentro do prato com um ovo escalfado por cima, deita-se o caldo e tempera-se com pimenta e um fio de azeite.

5 comentários:

  1. Adoro açorda e a tua está mesmo apetitiosa, kiss
    Susana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado, Susana. É só experimentar.

      Beijinhos

      Eliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Olá Filipe,

    Já comi muita açorda, desta e daquela, doutra e mais outra...
    Todas diferentes, todas deliciosas...
    Será dificil saber qual a verdadeira, mas as que como em pleno Alentejo são as que mais me agradam.
    Adoro e são precisamente feitas como a tua, apenas talvez acrescentando os poejos ! :)

    Aspecto delicioso, já poderia ser o meu almoço de facto !

    Um beijinho

    Isabel
    www.blogdochocolate.com
    http://brisa-maritima.blogspot.pt


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também sou um fã de açordas. Gosto de todas! Essa sugestão dos poejos parece-me deliciosa e bem alentejana. Da próxima vez já sei o que fazer.

      Beijinhos

      Eliminar